Bolsas de Estudo

O sonho de ingressar em uma universidade pode ser um caminho muito árduo e difícil para a maioria dos jovens brasileiros. Por este motivo, as Bolsas de Estudos ou Bolsas Universitárias podem e são sempre ótimas opções para quem cursar uma graduação; seja ela pública ou privada.

Mas você sabe quais são os tipos de bolsas e como consegui-las?  Neste artigo, abordaremos os principais tipos. Acompanhe!

Tipos de Bolsas de Estudos ou Bolsas Universitárias

1 – ENEM / ProUni Federal

O ProUni – Programa Universidade para Todos – mantido pelo Governo Federal é uma bolsa concedida a candidatos de baixa renda que, de acordo com esse requisito podem ser contemplados com bolsas de 50% ou 100% de desconto nas mensalidades dos cursos de graduação em instituições privadas.

Para se inscrever no Programa é necessário que o candidato tenha realizado a prova do ENEM (Exame Nacional de Ensino Médio) no ano anterior, com a exigência de ter somado no mínimo 450 pontos na nota e não ter zerado na redação.

Assine o nosso blog!

Após fazer o ENEM, o candidato pode se inscrever no ProUni no primeiro ou no segundo semestre do ano pelo site do Ministério da Educação (MEChttp://mec.gov.br/). Fique de olho nas notícias para não perder a data de inscrição.

Outras exigências: Além de ter prestado ENEM, o candidato deve comprovar o ensino médio completo em rede pública ou rede particular com bolsa integral (100%) com o diploma e certificado de conclusão e ter a renda bruta familiar de até três salários mínimos e meio.

O Programa é destinado a candidatos de primeira graduação, mas professor efetivo da rede pública também pode concorrer a bolsa em curso de licenciatura e não é obrigatório a comprovação de renda bruta familiar.

2 – SISU (Sistema de Seleção Unificada)

O SISU é sistema do Ministério da Educação (MEC) que disponibiliza vagas para a candidatos que também realizaram o ENEM. No entanto, o SISU é voltado para instituições públicas de ensino superior, enquanto que o ProUni é um Programa voltado para instituições privadas.

Para que o candidato seja contemplado com a bolsa é preciso que a sua nota conquistada no ENEM seja superior a nota de corte do curso desejado da instituição. De acordo com portal do MEC “durante o período de inscrição, uma vez por dia, o Sisu calcula a nota de corte (menor nota para o candidato ficar entre os potencialmente selecionados) para cada curso com base no número de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso, por modalidade de concorrência”.

Para saber mais, acesse o site.

3 – Educa Mais Brasil

O Educa Mais Brasil é um Programa amplo de bolsas de estudos. Ele inclui desde cursos profissionalizantes a pós-graduação.

De acordo com o portal Guia da Carreira, já são mais de 15 mil instituições cadastradas no programa. E as bolsas ofertadas podem cobrir até 70% do valor do curso.

4 – Programas e incentivos próprios

Praticamente todas as universidades tem programas próprios de bolsas e incentivos. É muito comum que o aluno regularmente matriculado possa ser beneficiado com bolsas monitoria (em que o aluno auxilia o professor em determinada disciplina e pode receber auxílio em espécie ou desconto em mensalidade), bolsas de apoio a iniciação científica, convênio com empresas, entre outros.

Quer realizar o sonho de cursar sua graduação ou pós-graduação? Acesse o site da UniFAJ e realize sua inscrição para o nosso Vestibular Oficial 2020.

Nathália Ferreira

Marketing em UniFAJ
Jornalista (MTB 86473/SP), com experiência em assessoria de imprensa em organização pública, atuação em jornais impressos e portais de notícias como repórter e produtora de conteúdo para redes sociais em perfis comerciais. Certificação em cursos de Inbound e Software do HubSpot Sales.
Nathália Ferreira

Últimos posts por Nathália Ferreira (exibir todos)