Fala aí, meus jurisdicionados, tudo certo?

Ao entrar na faculdade de Direito, a maioria dos estudantes já começa a pensar sobre a prova da OAB. Mas afinal, o que é a prova da OAB? Como funciona?

No post de hoje, explicaremos sobre como funciona a prova.

O Exame da Ordem (ou prova da OAB), é uma prova de caráter nacional, elaborada pela OAB e aplicada pela banca da FGV (Fundação Getúlio Vargas). É uma avaliação que engloba o conteúdo adquirido durante a graduação, na qual estudantes, no último ano da faculdade (ou nos dois últimos semestres) e bacharéis em Direito se submetem, por força da Lei, para conquistar a tão sonhada Carteira de Advogado, a famosa “vermelhinha”.  Salvo exceções, a prova é aplicada três vezes ao ano. 

A prova da OAB é dividida em duas fases:

Assine o nosso blog!

  • A primeira fase é de uma prova objetiva com 80 questões e possui duração de cinco horas. Para ser provado na primeira fase, é necessário acertar, no mínimo, 50% da prova. Nessa fase, não é permitido qualquer tipo de consulta. 

Podemos dividir a prova em três grupos, de acordo com a quantidade de questões exigidas:

GRUPO 1 GRUPO 2 GRUPO 3
Ética  8 Dir. do Trabalho 6 Dir. Humanos 2
Dir. Civil 7 Proc. do Trabalho 5 Dir. Internacional 2
Proc. Civil 7 Dir. Tributário 5 ECA 2
Dir. Constitucional 7 Dir. Empresarial 5 Dir. Ambiental  2
Dir. Administrativo 6     Dir. do Consumidor 2
Dir. Penal 6     Filosofia 2
Proc. Penal 6        
Total de questões: 47 Total de questões: 21 Total de questões: 12

 

  • A segunda fase é uma prova prático-profissional, na qual o candidato, após escolher uma matéria de sua preferência, deverá elaborar uma peça processual e quatro questões dissertativas. A prova possui um valor de 10 pontos, sendo 5 para a peça e 1,25 para cada questão. Para ser aprovado, o candidato deve obter uma pontuação mínima de 6 pontos. 

Essa fase tem duração de cinco horas e o candidato poderá realizar consultas em legislações, súmulas, orientações jurisprudenciais, enunciados e precedentes normativos, desde que não haja comentários.

Caso você for reprovado na segunda fase, não se desespere! Desde 2013, a OAB permite a repescagem, ou seja, caso você tenha sido aprovado somente na 1ª fase, porém reprovado na seguinte, no próximo exame, já pode pular direto para a 2ª fase.  

Dicas: 

  • Leia o edital e conheça as regras da prova
  • Monte um roteiro de estudos
  • Faça as provas anteriores e simulados
  • Invista em materiais de qualidade para estudar
  • Reserve um tempo e um local tranquilo para estudar

Agora que você sabe como funciona a prova da OAB, organize sua rotina e se dedique aos estudos para garantir a tão sonhada aprovação. 

Vem com a gente!! 

Pense Direito. Pense UniFAJ


Texto desenvolvido por Carolina Ridolfi de C. Baggini e Renan G. Muniz Barbosa, alunos do curso de Direito, sob supervisão da coordenação. 

Imagem: Portal T5

UniEduK
Últimos posts por UniEduK (exibir todos)