Que tal aprender a utilizar seu LinkedIn para começar a formar suas redes de contatos e, assim, estar mais próximo daquela sua vaga dos sonhos?

Essa é uma ferramenta que se mostra cada vez mais efetiva nos mais variados modelos de relação empresas versus profissionais, por isso, ela pode (e deve) ser utilizada antes mesmo de você terminar seu ensino superior.

Primeiramente, queremos falar um pouco mais sobre a importância do LinkedIn, e, nada melhor do que números para demonstrá-la a você. Olhe só:

  • São mais de 29 milhões de usuários brasileiros no LinkedIn (dados de 2019 do Brazil Digital Report);
  • Somos o terceiro país com mais usuários no mundo;
  • Mais de 3 milhões de empresas têm sua página no LinkedIn

Enfim, deu pra entender a importância do LinkedIn para as relações profissionais?

Em resumo, essa ferramenta é capaz de: 

Assine o nosso blog!

  • Potencializar o famoso networking: por meio das redes de contato, é possível estreitar laços. Quando você se dedica a preencher seu perfil de forma inteligente (vamos ensinar a seguir), pessoas chaves das empresas vão conhecer mais sobre você, impulsionando sua carreira.
  • Estar mais próximo daquela oportunidade de estágio que tanto almeja. Isso porque os profissionais de RH utilizam e muito o LinkedIn para recrutar seus estagiários e reter talentos para as companhias.
  • Aumentar sua visibilidade. Isso porque os estudantes com perfil no LinkedIn estão mais visíveis aos recrutadores do que aqueles que não usam a ferramenta. 

Portanto, para conquistar esses benefícios, vamos mostrar 5 passos para você, universitário, utilizar o LinkedIn de forma eficiente:

1) Preencha os dados do seu perfil no LinkedIn com atenção

A princípio, parece uma dica simples, mas ela é crucial. O seu perfil fala por você e ele é seu cartão de visita para os recrutadores. Por isso, toda atenção nesta etapa. Olhe o perfil de outros universitários que você acredita ser modelo, veja a linguagem que outros profissionais utilizam e peça que alguém revise o que você escreveu, evitando que passe erros. Portanto, lembre-se de ser direto, de não deixar de colocar informações sobre você e de acrescentar todos os cursos extras que você já fez. 

2) Peça que seus professores façam uma recomendação sobre você

Como você está começando sua carreira, a recomendação dos seus professores pode ser um atrativo e tanto no seu perfil e, assim, brilhar os olhos dos recrutadores. Você também pode fazer uma recomendação para o seu professor no perfil dele, nada melhor do que esse benefício mútuo. 

3) Dê uma atenção à sua URL do seu LinkedIn

Você sabia que é possível personalizar a URL (endereço na web) do seu LinkedIn? Essa é uma opção gratuita da ferramenta e é bem interessante para você divulgar em seu currículo ou cartão de visitas. Não enfeite o pavão: escolha uma opção simples como seu nome + sobrenome.

4) Cuidado com a foto do seu perfil

Nada de escolher uma foto com roupas impróprias ou locais como baladas ou bares. Aqui, o importante é que você utilize uma foto com tom corporativo. Lembre-se novamente: o LinkedIn é seu cartão de visitas. 

5) Conexões: qualidade e não quantidade

Você pode adicionar seus professores e colegas de turma, inicialmente. Depois, a dica é entrar no perfil de empresas e adicionar os profissionais de RH. 

Além dessas dicas, é importante que você poste frequentemente assuntos de interesse corporativo e nada de linguagem de internet para se comunicar pelo LinkedIn. Por fim, lembre-se de olhar diariamente o seu perfil para ver se tem uma mensagem nova. 

Tenha uma excelente experiência com sua ferramenta.