Inegavelmente, as tendências da Engenharia Civil mostram que as inovações tecnológicas invadiram este mercado e para qualquer profissional da área é preciso acompanhar as inovações.

Então, vamos logo avisando, se você atua na área, quer atuar ou já está se profissionalizando para isso, antecipe-se sobre o que vem por aí e comece agora a construir o futuro.

Inovações na Engenharia Civil

Tijolos inteligentes, modulares e ecológicos já estão nas construções, pois a sustentabilidade continua em alta.

Drones sobrevoam canteiros de obras e captam imagens para levantamentos topográficos.

A impressão 3D é usada no desenvolvimento de projetos e no aproveitamento de recicláveis.

Assine o nosso blog!

Além, é claro, dos Sistemas informatizados e softwares que facilitam o planejamento, interação entre projetos e geração de dados, a fim de minimizar falhas e aumentando a segurança de informação.

Agora, você deve estar se perguntando – se essas inovações já são indispensáveis na Engenharia Civil, o que mais vem por aí?

Explorando as tendências da Engenharia Civil

A popularização de novos processos, métodos e tecnologias crescem na mesma proporção em que essas inovações chegam ao mercado da engenharia civil.

O conhecimento e implementações que antes levava-se anos, hoje, são questões de minutos.

Ao mesmo tempo, sua competitividade e carreira promissora na área estão na habilidade de se adaptar às mudanças e antecipar a essas tendências.

Então, vamos explorá-las!

Realidade Aumentada

Primeiramente, se você busca encantar o seu cliente e provocar uma experiência real na apresentação, a interatividade da realidade aumentada será sua aliada!

Aplicada à construção civil, essa tecnologia possibilita a visualização do projeto ou design 3D  no espaço a ser construído, como se a projeção mostrasse a construção já finalizada ainda sobre a planta.

Assim, você ganha tempo, economiza em recursos financeiros e tem um projeto e gestão mais assertivos. Demais, não é?

Concreto auto-regenerativo

O crescimento urbano não para – ainda mais quando falamos de países como China e Índia. Nesse cenário, você consegue imaginar a quantidade de concreto utilizado pela indústria da construção por ano? Pois acredite, são 5 bilhões de toneladas!

E, é claro, que falta matéria-prima para extração. É aí que entra a criação  do concreto auto-regenerativo, ou seja, um material que se regenera sozinho a partir de bactérias e material orgânico na composição. 

Sua ação regeneradora elimina rachaduras das menores às maiores construções.

Robótica na engenharia civil

Já podemos até enxergar!

As atividades operacionais do futuro usarão todo o avanço da robótica. Na Engenharia Civil não é diferente.

Máquinas e equipamentos para medições, transportes, carregamentos, montagens e muito mais, poderão ser remotamente controladas pelo operador.

Wearables

Não dá para falarmos sobre construção civil sem falarmos sobre segurança do trabalho.

E aqui, estamos nos referindo aos dispositivos vestíveis!

Sensores inteligentes estão cada vez mais inseridos em roupas, capacetes e acessórios, controlando temperaturas, enviando localizações ou sinais de alerta em caso de emergências e até mesmo calculando o número de pessoas por área.

Construção modular e pré-fabricados

Sim, as pessoas querem tudo para ontem!

O tempo de entrega pode ser decisivo em qualquer tipo de projeto. Assim, os já famosos elementos de estrutura pré-fabricados continuam em alta.

Desse modo, a intenção da construção modular e pré-fabricados é otimizar os processos na construtora, acelerar as etapas do empreendimento, facilitar transportes e agilizar a entrega de grandes projetos.

Internet das Coisas (IoT) na construção civil

A Internet das Coisas ou Internet of Things (IoT) já é um tema muito falado e discutido na indústria 4.0. E na construção civil, onde encontramos a digitalização das coisas?

Muitas das inovações exploradas acima já utilizam o IoT, como rastreamento de equipamentos e funcionários, a condução de drones, as combinações Business Intelligence, a coleta de dados e o acompanhamento de todas as informações em tempo real.

Isso definitivamente só reforça a nossa certeza de que o futuro vem da integração de tendências, coisas, tecnologias e pessoas.

E o engenheiro civil do futuro?

Definitivamente são tantas inovações, que não há dúvidas de que a Engenharia Civil permanece entre as profissões do futuro, não é mesmo?

Então, para estar preparado para a profissão, lembre-se de que sustentabilidade, conhecimento tecnológico e de novos materiais, construções inteligentes e modernas, habilidade de adaptação e antecipação a tendências são as capacidades que o mercado mais espera dos futuros engenheiros.

Você será um desses futuros engenheiros?

Conheça SEU FUTURO NA PRÁTICA e comece sua evolução de carreira JÁ!